Nome, idade, cor e comida favorita; nova ‘trend’ nas redes sociais pode causar risco para usuários, alerta Itep

Quem usa redes sociais diariamente já publicou ou viu algum amigo publicando uma lista com respostas como nome, idade, cor favorita, prato preferido, se tem tatuagem ou não. Até mesmo personalidades políticas potiguares aderiram à ‘trend’, ou tendência, que ganhou os aplicativos nos últimos dias.

Porém, o compartilhamento de informações pessoais pode guardar alguns perigos para os internautas, conforme alertou o Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte.

De acordo com o setor de Perícias de Informática e Audiovisuais do Itep, alguns dados compartilhados por meio das redes sociais podem ser usados por criminosos que atuam no mundo digital.

Informações pessoais aparentemente inofensivas podem ser coletadas para, junto com outras, falsificar documentos, criar contas bancárias e tomar empréstimos no nome do usuário, informou o órgão.

Ainda segundo o Itep, os criminosos camuflam pedidos de informações importantes em meio a perguntas banais, como o número de tatuagens, por exemplo.

“Cor preferida, tamanho do sapato, viagens, comida e bebidas preferidas, gostos, medos, idade, nome dos pais, dos filhos, pets, e datas comemorativas são só alguns exemplos de senhas e perguntas de segurança para recuperação das suas senhas”, afirma o alerta publicado pela instituição nesta quinta-feira (7).

Ainda de acordo com o órgão, criminosos podem usar informações sobre os gostos do usuário para ludibriar vítimas em sites de relacionamento.

“Informações pessoais são tão importantes, que são protegidas por diversas leis no Brasil e no mundo”, informou Itep.

Fonte: g1 RN