(84) 9 9986-1150

Irmão de vereadora potiguar é vítima de capacitismo em aeroporto de Brasília

Irmão da vereadora trans Thabatta Pimenta, o potiguar Ryan Silva foi vítima de capacitismo no Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília/DF, na manhã desta segunda-feira (16). O caso foi relatado pela vereadora em vídeo divulgado no seu perfil pessoal no Instagram (@eupimenta).

Segundo Thabatta explica, Ryan tem paralisia cerebral e necessita de cadeira de rodas para se locomover. Ainda de acordo com o relatado pela vereadora, ela e o irmão deveriam embarcar em um voo direto da companhia aérea LATAM Airlines saindo de Brasília para Natal nesta manhã. A solicitação de um funcionário para fazer o atendimento especializado havia sido feita com antecedência, segundo ela, mas o pedido não foi atendido. “A gente chegou em Brasília [no aeroporto] e não tinha ninguém lá, imagine eu, Ryan e um monte de mala para levar”, disse Thabatta nas redes sociais, acrescentando que recebeu um e-mail de confirmação por parte da companhia sobre o atendimento especializado.

Ao procurar funcionários da companhia no local, Ryan foi vítima de capacitismo. “Quando Ryan começou a falar [indignado] eles não falavam com ele, falavam comigo, como se a voz dele não servisse de nada. Esta é mais uma questão capacitista, como se ele não pudesse responder por ele”, comentou a vereadora. Após o ocorrido, Ryan demonstrou sua indignação. “Eu tô indignado, nunca passei por isso”, afirmou o jovem.

Após o caso ganhar repercussão nas redes sociais, a companhia aérea LATAM Airlines emitiu uma nota oficial na qual afirma que “repudia veementemente qualquer tipo de ofensa e prática discriminatória”.

Leia a nota na íntegra:

“A LATAM se sensibiliza com o ocorrido e esclarece que os passageiros compareceram sem tempo hábil para o atendimento no voo LA3758 (Brasília – Natal) desta segunda-feira (16). A recomendação da companhia é chegar 2 horas antes da partida em voos nacionais. Diante disso, realizou a remarcação dos bilhetes em voo para Natal com conexão em São Paulo/Guarulhos na mesma data.

A LATAM reforça que a assistência especial, desde que solicitada com antecedência, é oferecida a partir da chegada no check-in da companhia. Reitera ainda que, a todo momento, forneceu o devido apoio e acompanhamento aos passageiros assim que se apresentaram no balcão de atendimento.

Em relação à cadeira de rodas, a companhia esclarece que está apurando a situação e que irá prestar toda a assistência necessária aos passageiros.

Por fim, a LATAM informa que repudia veementemente qualquer tipo de ofensa e prática discriminatória e reforça que qualquer opinião que contrarie o respeito não reflete os valores e os princípios da empresa.”

Fonte: Novo Notícias

Postado em 17 de maio de 2022 - 7:00h