(84) 9 9986-1150

Jovem pede ajuda em chat de jogo online após ser agredida pelo namorado

Prints mostram as mensagens que a adolescente de 17 anos enviou, por meio de um jogo online de ludo, para pedir socorro após ter sido agredida pelo namorado. O caso foi registrado no Jardim Novo Horizonte, no dia 26 de abril.

Na conversa, a vítima pede ajuda e diz que não pode ligar para a polícia. Em seguida, a conversa segue no aplicativo WhatsApp. A jovem conta que o namorado batia nela todos os dias e que fazia ameaças de morte, mas diz que a polícia não acreditaria nela.

“Ele mim ameaça. Se eu for embora, ele mim mata. Ele mim bate todo dia”, relata ela nas mensagens.
Preocupada, a outra integrante fez diversas perguntas à jovem, como “onde ela morava”, “se o namorado estava junto” e “se ela tinha outro lugar para ir”.

“‘Vc tem q gritar quando a polícia chegar”, diz a jovem.

No dia 26, a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima sobre violência doméstica. Segundo a denúncia, a vítima havia pedido socorro pelo jogo após relatar agressão e cárcere privado pelo namorado, de 24 anos. A garota também indicou a localização da casa do suspeito.

Quando a PM foi até o imóvel, encontrou a jovem com vários hematomas pelo corpo e rosto. Ela contou que mantinha um relacionamento afetivo e que morava com o namorado havia cinco meses, que era agredida frequentemente e que recebia ameaças quando tentava terminar a relação e voltar para a casa da mãe.

Após atendimento médico, o caso foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), onde a mãe da jovem contou que era aterrorizada pelo rapaz havia tempos, e não havia registrado boletim de ocorrência anteriormente pois ele ameaçava tirar a vida da filha dela caso a polícia fosse chamada.

Um exame de corpo de delito foi pedido. O rapaz foi solto e pode responder por violência. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Com informações do G1

Postado em 4 de maio de 2022 - 7:08h