(84) 9 9986-1150

Empresário procurou psiquiatra dias antes de matar filha e esposa na Paraíba

O comerciante José Carlos, de 48 anos, que matou a esposa e a filha na zona rural de Mamanguape, litoral norte da Paraíba, teria procurado um psiquiatra dias antes do crime. Ele se matou após os assassinatos. Uma outra filha e uma sobrinha conseguiram fugir.

O comerciante estava em casa com a mulher, Maria do Livramento, de 48 anos, e duas filhas, uma de 28 anos e outra de 16, além de uma neta de sete anos. Vizinhos ouviram disparos de arma de fogo e a Polícia Militar foi chamada. A equipe constatou uma tragédia familiar dentro da residência. O comerciante teria atirado na mulher, em uma das filhas e também foi encontrado sem vida no local.

A tenente Aline Rosa, da Polícia Militar, disse que cena do crime chocou até mesmo os policiais. “As informações que a gente conseguiu colher é que a esposa do acusado já sofria agressões do marido, mas nunca denunciou. Ele também teria um histórico de problemas psiquiátricos. Há informações de que há algumas semanas atrás ele procurou um tratamento psiquiátrico”, disse a tenente.

portal T5

Postado em 4 de abril de 2022 - 4:24h