(84) 9 9986-1150

ANP anuncia acompanhamento diário de estoques de combustíveis no Brasil

A Agência Nacional de Petróleo e Gás (ANP) anunciou na terça-feira (22) que passará a acompanhar diariamente os estoques de combustíveis no Brasil, medida que chamou de “sobreaviso no abastecimento”.

Desta forma, os agentes econômicos em território nacional precisarão informar diariamente os estoques que possuem e as importações realizadas.

Segundo a ANP, até o momento, o abastecimento está regular em todo o país, e o sobreaviso busca “somente permitir que esse acompanhamento dos estoques e das importações de produtores e distribuidores seja intensificado”.

O comunicado com o anúncio de sobreaviso determina que as informações sobre estoques e importações sejam enviadas até às 12h de cada dia, e engloba gasolina A, óleo diesel A S 10, óleo diesel A S 500, querosene de aviação (QAV) e gás liquefeito de petróleo (GLP).

A decisão foi tomada devido à “situação geopolítica mundial atual”, com a guerra entre Ucrânia e Rússia. Devido ao conflito, os preços do petróleo, já pressionados, dispararam e passaram os US$ 100, encarecendo os combustíveis.

“O mecanismo do sobreaviso no abastecimento permite o monitoramento dinâmico do abastecimento, subsidiando possíveis ações preventivas”, afirma a ANP em nota.

O anúncio foi feito após a publicação, no dia 10 de março, de uma portaria do Ministério de Minas e Energia que criou o Comitê Setorial de Monitoramento do Suprimento Nacional de Combustíveis e Biocombustíveis.

O objetivo do órgão é “gerenciar as questões inerentes ao suprimento nacional de combustíveis e biocombustíveis” e “intensificar o monitoramento da conjuntura energética corrente, em face da situação geopolítica mundial, com impacto nos fluxos e nas cotações desses energéticos”.

CNN Brasil

Postado em 24 de março de 2022 - 7:05h