VÍDEO: PM e americana são presos com R$ 3 milhões em produtos Apple

 

 

Uma publicação compartilhada por Metrópoles (@metropoles)


Presos com mais de R$ 3 milhões em produtos Apple, o policial militar do Piauí Flávio César Moreno da Silva Júnior e a norte-americana Suyumi Quiroz foram detidos e levados para a Superintendência da Polícia Federal no Pará, nessa segunda-feira (5/2).

Flávio é natural de Belém (PA) e trabalhava como cabo da Polícia Militar do Piauí (PMPI). Suyumi morava na Flórida e usava as mídias sociais para fazer postagens saúde no dia a dia, com postagens sobre exercícios físicos.

Além dos dois, o piauiense Paulo Roberto Marinho de Loiola, morador de Teresina, foi preso com a dupla. A Polícia Federal (PF) investiga a atuação de cada um no caso.

O trio foi preso com uma grande quantidade de produtos eletrônicos de última geração, no Aeroporto Internacional de Belém (PA), na manhã de segunda-feira (5/2). Só de iPhones 15 Pro Max, havia quase R$ 1 milhão em itens, segundo a PF.

Os policiais apreenderam, ainda, uma caminhonete, avaliada em R$ 300 mil, que transportaria a carga.

A operação decorreu de monitoramento por parte do Núcleo de Polícia Aeroportuária da PF, que acompanhou uma suspeita que partiu da cidade de Fort Lauderdale, na Flórida, nos Estados Unidos.

No Brasil, o sistema de raio-x do terminal aéreo de Belém detectou o transporte dos produtos eletrônicos, que haviam sido importados irregularmente e sem pagamento de impostos.

No estacionamento do aeroporto, Flávio César e Paulo Roberto aguardavam pela chegada da norte-americana. Os três foram presos e, assim como o veículo de transporte dos produtos e a carga, foram levados para a superintendência da PF.

Metrópoles

Fonte: Blog do BG