VÍDEO: O AMOR VENCEU: Sindicalista fala em “destruir” Michelle Bolsonaro em live com Genoino

 

 

Uma publicação partilhada por Metrópoles (@metropoles)

Durante live nas redes sociais no final de dezembro, a coordenadora do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), Elenira Vilela, disse que há necessidade de “destruir politicamente” e “quiçá de outras formas” a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL). Entre os participantes da transmissão estava o político José Genoino, ex-presidente do PT.

A declaração da coordenadora foi ao ar em transmissão ao vivo do site Opera Mundi, em 22 de dezembro de 2023, mas, está ganhando repercussão nas redes sociais nesta semana e provocando protestos de perfis do campo conservador.

“Ela [Michelle] é uma carta chave. E se a gente não arrumar um jeito de destruir ela politicamente, e quiçá de outras formas, jurídica, por exemplo, comprovando os crimes e tornando ela também inelegível, nós vamos arrumar um problema para a cabeça”, afirmou Vilela na live.

A coordenadora do Sinasefe afirmou também que Michelle tem “capacidade de comunicação zilhões de vezes melhor” do que a do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Isso porque, Vilela alega, a ex-primeira-dama teria sido “treinada” nas igrejas evangélicas para conversar com o público.

O Metrópoles procurou Sinasefe para obter posicionamento sobre as declarações da coordenadora, mas ainda não obteve retorno. O espaço segue aberto. A reportagem também tenta entrar em contato com Elenira Vilela para mais esclarecimentos.

Metrópoles

Fonte: Blog do BG