VÍDEO: Aos gritos, juíza de SC repreende e obriga testemunha a falar: ‘o que a senhora deseja, excelência?’

Foto: Reprodução

Durante uma audiência trabalhista ocorrida na Vara da Justiça do Trabalho em Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina, a juíza Kismara Brustolin repreende aos gritos uma testemunha e pede para que ele responda a ela. A situação foi registrada em vídeo e mostra a magistrada exigindo que o homem – aparentemente assustado – se dirija a ela com a frase: “O que a senhora deseja, excelência?”.

No trecho, a juíza interrompe a fala do homem e pede que ele fale a frase. A testemunha questiona se é obrigado a dizê-la e a magistrada diz que não, porém insiste e rebate que “se ele não fizer isso, o depoimento terminará e não será considerado”. Depois pede novamente para ele parar de falar e o chama de “bocudo” – expressão usada para designar alguém que está falando demais.

➡️ Aos gritos, juíza de SC pede que testemunha obedeça a pedido dela em audiência

Caso ocorreu no dia 13 de novembro, em Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina

Leia: https://t.co/6gU6fUpCzfpic.twitter.com/uI2tuYumnI

— Metrópoles (@Metropoles) November 28, 2023

A sessão ocorreu em 14 de novembro, mas o recorte do vídeo repercutiu somente nesta terça-feira (28) e gerou manifestação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Santa Catarina, que solicita providências e apuração do caso junto ao Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (TRT-SC).

g1 SC

Fonte: Blog do BG