Rua Ulisses Caldas tem interdição para obra a partir de segunda-feira (29) em Natal; veja o que muda

O trecho da Rua Ulisses Caldas entre a Avenida Rio Branco e a Rua Vigário Bartolomeu, na Cidade Alta, Zona Leste de Natal, será interditado a partir de segunda-feira (29) para a execução da meta 1 das obras da Pedra do Rosário, que também envolve obras no Centro Histórico.

De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), nesta etapa a interdição avançará gradativamente por toda a Rua Ulisses Caldas, seguindo pelo largo Junqueira Aires, Rua Câmara Cascudo, até chegar no entorno da praça Augusto Severo, na Ribeira.

A obra contempla calçadas, ciclovia, recapeamento asfáltico, embutimento da rede de telecomunicação, arborização e iluminação. A princípio, devem ser feitos os serviços da troca da rede de esgoto e abastecimento por parte da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

A previsão da obra é de até oito meses, e a interdição e a liberação das vias deve acontecer conforme o avanço das obras.

As linhas de Transporte O-24, O-33A, N-35, L-37, O-41A, L-46, L-56 e N-84, que têm itinerário pela Rua Ulisses Caldas, irão passar pela parada da Metropolitana, acessando à esquerda pela Rua João Pessoa na lateral da catedral velha, entrando à esquerda na Avenida Rio Branco e retornando ao itinerário normal.

Durante a intervenção, agentes de mobilidade da STTU devem estar no local dando suporte no trânsito da região.

A obra da Pedra do Rosário está orçada em R$ 30 milhões e está dividida em quatro metas, estando em andamento a meta 1 (requalificação da rua Ulisses Caldas e Largo Junqueira Aires, até o entorno da Praça Augusto Severo) e a meta 2 (requalificação da Avenida do Contorno, áreas adjacentes e as praças Djalma Maranhão e Walfredo Gurgel).

As demais metas deverão ser iniciadas nos próximos meses, segundo a Prefeitura.

Fonte: g1 RN