Restos de foguete chinês ou meteoro? Fenômeno no céu chama atenção de moradores no interior do RN

Meteoro, restos de um foguete, ou a estrela do Natal? Um objeto visto no céu por moradores de várias cidades do Rio Grande do Norte, na noite de sexta-feira (22), chamou a atenção da população e de entusiastas do assunto no país. Também houve relatos de visualização em outros estados do Nordeste.

A cena registrada de diferentes ângulos, por volta das 22h30, rapidamente ganhou diversas explicações na internet, das mais plausíveis e científicas, às mais criativas.

Segundo a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon), o fenômeno visto pela população potiguar foi, na verdade, a reentrada de lixo espacial na atmosfera.

De acordo com a entidade, as análises preliminares apontam para a reentrada do estágio superior de um foguete Longa Marcha 2C lançado em janeiro de 2018 a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Xichang, no sudoeste da China.

Os relatos sobre o fenômeno são vários. “Eu estava na praça de eventos junto à família e amigos e me senti muito surpreendida. Tenho 34 anos e ainda não tinha presenciado um fenômeno tão bonito, tão interessante de se ver. Tinha criança, idosos, e foi uma sensação de medo, de alegria e curiosidade”, disse a professora Luanna Almeida, que mora em Cruzeta, na região Seridó potiguar.

Em Currais Novos, houve quem acreditasse que o fenômeno poderia ser a chegada de extraterrestres, segundo o cabeleireiro Wedison Martins, mais conhecido como Edinho.

“Nós ficamos surpresos com objetos voadores que iam passando por cima da cidade de Currais Novos, possivelmente asteroides, mas algumas pessoas falaram que poderiam ser OVNIs, extraterrestres que estariam chegando aqui. Foi uma brincadeira muito boa”, disse.

Fonte: g1 RN