Polícia prende suspeitos de criar Pix falso para receber doações ao RS

Foto: PCSP / Reprodução

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul, com apoio da Polícia Civil de São Paulo, prendeu duas pessoas suspeitas de fraude por simular contas oficiais do governo gaúcho para receber doações que seriam destinadas aos atingidos pelas enchentes no estado.

A Operação Dilúvio Moral foi deflagrada em Santo André, no ABC Paulista, nesta quarta-feira (15/5) com o objetivo de cumprir três mandados de prisão preventiva e outros três de busca e apreensão na cidade da Grande São Paulo.

Até o começo da tarde desta quarta, um casal foi preso, além de ao menos 5 contas bancárias terem sido bloqueadas. Além disso, foram derrubadas 15 páginas criminosas criadas para desviar valores.

O grupo, formado por dois homens e uma mulher, além de um menor de idade, filho do casal preso, criou contas falsas em redes sociais como se fossem perfis do governo gaúcho e iniciaram campanha para doações, divulgando chaves PIX de pessoas físicas para o recebimento dos valores.

Segundo a polícia gaúcha, como a fraude foi iniciada logo nos primeiros dias da calamidade, os criminosos induziram muitas pessoas ao erro: “Imaginaram contribuir para a campanha de reestruturação do estado, quando na verdade foram vítimas de uma associação criminosa paulista”.

Os suspeitos, que têm entre 17 e 45 anos, possuem antecedentes criminais em casos como roubo, porte ilegal de arma de fogo, furto e tráfico de entorpecentes. As investigações ainda procuram outras provas e eventuais novos integrantes do grupo.

Fonte: Metrópoles

 

Fonte: Blog do BG