Polícia Civil conclui investigação sobre morte de motoentregador e indicia dois suspeitos de latrocínio em Mossoró

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte anunciou que concluiu nesta quarta-feira (3) as investigações sobre a morte do motoentregador Francisco Rêgo Canuto, de 41 anos, que aconteceu no início da madrugada de 21 de janeiro em Mossoró, no Oeste potiguar.

Dois suspeitos foram indiciados e o inquérito agora segue para o Ministério Público.

O crime aconteceu na madrugada do dia 21 de janeiro de 2024, no bairro Pousada dos Thermas, na cidade de Mossoró.

Segundo os investigadores, três criminosos realizaram roubos em duas residências e depois foram perseguidos pela Polícia Militar.

Durante a fuga, um dos três assaltantes abordou e tentou roubar a motocicleta de Francisco Rêgo. Porém, a vítima, que estava trabalhando, se recusou a entregar a moto, e foi assassinada com quatro tiros de arma de fogo.

Após as investigações, a Polícia Civil identificou dois homens, um de 20 anos, e o outro de 29. A dupla, que também responde pelo crime de roubo, foi indicada também por latrocínio – roubo com resultado de morte.

Segundo a delegada Cristiane Magalhães, da DHPP de Mossoró, um terceiro indivíduo foi identificado, mas a polícia não conseguiu provas suficientes para indiciá-lo.

Fonte: g1 RN