Morre torcedor do Baraúnas baleado durante ataque em festa de torcida em Mossoró

Morreu na noite de quinta-feira (18) um dos dois torcedores do Baraúnas baleados durante uma festa promovida na sede de uma torcida organizada em Mossoró, na Região Oeste do Rio Grande do Norte.

De acordo com a Polícia Militar, as vítimas foram alvos de um atentado realizado por quatro suspeitos, à tarde, por volta das 16h30.

Os dois homens foram socorridos e levados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Regional Tarcísio Maia, porém o ajudante operacional José Vanzeir Roque Sobrinho, de 27 anos, não resistiu e morreu por volta das 23h.

O outro homem baleado, que tem 21 anos, estava internado na sala semi-intensiva e aguardava a liberação de um leito na UTI do hospital até a publicação desta matéria. Segundo a assistência social da unidade, as 29 vagas de UTI estavam ocupadas.

No momento do crime, os torcedores comemoravam a vitória por 2 a 1 do Baraúnas contra o Potiguar, no clássico da cidade. O jogo aconteceu na noite de quarta (17) no Nogueirão.

De acordo com a PM, quatro suspeitos armados invadiram a sede da torcida organizada, que fica no bairro Dom Jaime Câmara, e atiraram diversas vezes contra os torcedores presentes, atingindo dois deles. Segundo a PM, um dos torcedores foi atingido com um tiro na cabeça.

A PM não informou qual a motivação do atentado. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Antes do jogo na noite de terça, quatro torcedores de uma torcida organizada do Baraúnas foram presos, durante uma abordagem policial, com rojões, canivetes, soco inglês e um cassetete de madeira.

Em nota, o Baraúnas informou que não reconhece duas torcidas organizadas como associadas ao clube e que os fatos recorrentes de violência mostraram “a existência de interesses paralelos ao bem comum do Leão do Oeste”

“O rompimento de qualquer relação entre o Baraúnas e os dois grupos ocorre por tempo indeterminado”, disse a nota.

📳Participe do canal do g1 RN no WhatsApp e receba no seu celular as notícias do estado

Fonte: g1 RN