(84) 9 9986-1150

Mulher é presa após vender o filho para financiar plástica no nariz

Uma mulher de 33 anos foi presa no Sul da Rússia depois de vender o filho, que estava com apenas cinco dias de vida, para financiar uma cirurgia plástica no nariz.

A suspeita, que não teve o nome divulgado pela imprensa, mora em Kaspiysk, Daguestão. Ela teria negociado o recém-nascido por 300 mil rublos (quase R$ 28 mil).

Segundo o jornal Mirror, a mulher teria comentado com um amigo que não queria ficar com o bebê. Um vizinho supostamente ajudou a arranjar um casal para comprar a criança, apenas cinco dias depois que ele nasceu, em 25 de abril.

A mulher entregou o filho após receber parte do dinheiro, 200 mil rublos, por depósito em conta. A criança precisou de tratamento médico e o casal pediu para a mãe a certidão de nascimento. Ela teria então comunicado só a entregaria após receber os 100 mil rublos restantes.

Para o casal, ela teria relatado que não tinha emprego, nem onde morar ou recursos financeiros. No entanto, revelou depois que pretendia usar o dinheiro da venda do filho para financiar uma plástica no nariz.

Antes que a mulher recebesse a segunda parte do dinheiro, a polícia prendeu os três sob acusação de tráfico de pessoas.

Metrópoles

Postado em 14 de julho de 2022 - 11:58h