(84) 9 9986-1150

Casas Bahia é condenada a pagar R$ 15 mil a empregado chamado de ‘viadinho

A Justiça do Trabalho em São Paulo condenou a Via a indenizar um ex-funcionário das Casas Bahia em R$ 15 mil por danos morais. O trabalhador entrou com a ação após ter sido chamado de “burro” e “viadinho” por seus superiorees.

De acordo com o processo, o estoquista — que trabalhou na loja por ao menos três anos —, disse sofrer assédio moral pelos gerentes e que era exposto a situações constrangedoras diante dos colegas de trabalho e clientes da loja. Além disso, alegou também que fazia atividades que não faziam parte de suas atribuições e que não recebeu o valor correto do vale-transporte durante três meses.

Uma testemunha ouvida no processo confirmou que um gerente insultava o funcionário com palavras de cunho homofóbico. 

O juiz Eduardo Rockenbach Pires, da 38ª Vara do Trabalho em São Paulo, afirmou na decisão que é dever do empregador “manter um meio ambiente do trabalho seguro e sadio, e essa responsabilidade em nada se altera quando se fala em meio ambiente psicológico”.

Ele condenou a Via a pagar ao ex-funcionário o saldo de salário, aviso prévio, 13º proporcional, férias, FGTS e multa de 40%; além de R$ 15 mil em danos morais.

Com informações de UOL

Postado em 6 de julho de 2022 - 12:34h