(84) 9 9986-1150

Que ele tenha o direito de defesa que não tive, diz Lula sobre Moro réu

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta terça-feira (24) esperar que o ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) tenha o “direito de defesa e a presunção de inocência” que ele, Lula, disse não ter tido em seu julgamento conduzido pelo ex-juiz.

Moro se tornou réu por suspeitas de ilegalidades na Lava Jato numa ação movida pelo PT. Procurado pela CNN, o ex-juiz da Lava Jato disse hoje que o “ex-presidente Lula tentou monopolizar a atenção do STF desde o que o PT passou a ser alvo de denúncias e inquéritos de corrupção”.

Para o ex-juiz da Lava Jato, “o problema de Lula e do PT é que acham que a Justiça só é isenta quando pune seus adversários, não a companheirada. Se acham acima da lei”.

As declarações de Lula foram feitas em entrevista à rádio Mais Brasil News. Em sua fala, Lula voltou a atacar a cobertura da imprensa sobre as investigações realizadas pela operação.

“Eu quero que, se ele [Moro] tiver que ser julgado, que tenha o direito de defesa, que possa se defender, sabe. Que a imprensa possa ser honesta ao divulgar as coisas contra ou a favor a ele e não com a parcialidade que transmitiram coisa contra mim”, disse o ex-presidente.

CNN Brasil

Postado em 25 de maio de 2022 - 7:38h