(84) 9 9986-1150

Funcionário público é demitido após roubar notebook para pagar programa com travesti

Um funcionário público de Poços de Caldas, Minas Gerais, roubou um notebook de seu local de trabalho no último fim de semana, com intuito de assegurar o pagamento de um programa com uma travesti.

De acordo com o jornal Estado de Minas, o homem de 45 anos, que não teve a identidade revelada, furtou o objeto do Centro Pop, local da prefeitura destinado a pessoas em situação de rua.

A Polícia Civil do estado explicou que o crime foi cometido na madrugada do último domingo (2), quando o rapaz aproveitou o fácil acesso à instituição para pegar o equipamento por volta das 4 horas.

Ainda de acordo com os agentes, o suspeito entregaria o notebook à travesti com quem havia feito o programa sexual como garantia de pagamento, após informá-la de que não tinha os R$ 800 combinados pelo encontro.

Crime de peculato

Tanto o rapaz quanto a travesti prestaram depoimento à polícia. Ele responderá pelo crime de peculato, por ter desviado um patrimônio público. Ao Estado de Minas, a Secretaria de Promoção Social da Prefeitura de Poços de Caldas explicou que o funcionário foi dispensado.

Yahoo

Postado em 5 de maio de 2022 - 20:23h