(84) 9 9986-1150

Policial baleado após assalto em farmácia foi confundido com suspeito, em Campina Grande

O policial militar que foi baleado na noite da terça-feira (22), em Campina Grande, após um assalto em uma farmácia, foi confundido com o suspeito pelo dono do estabelecimento. Ele está internado no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande e o proprietário da farmácia foi detido.

Depois que o suspeito assaltou a farmácia, no bairro do Jardim Paulistano, ele tentou roubar a moto de um policial militar que passava pela rua. Imagens de câmera de segurança mostram quando o suspeito passa, fugindo após o assalto, e atira contra o policial, que está na moto. O policial reage, depois desce da moto e consegue impedir a fuga do suspeito.

Em seguida, o PM recupera os objetos roubados da farmácia e volta ao estabelecimento para devolver. No entanto, ao chegar no local, o proprietário estava armado, o teria confundiu com um dos suspeitos e atirou. A bala ultrapassou o capacete que o PM usava e atingiu a cabeça.

De acordo com o médico que atendeu o policial, após uma tomografia, foi identificado um pequeno sangramento e uma fratura na cabeça. Ele está na enfermaria do Hospital de Trauma de Campina Grande e não corre riscos.

O suspeito foi internado e deve passar por audiência de custódia após receber alta.https://92c388ce9178dce34a54bfa2644ebe73.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

O dono da farmácia foi levado para a carceragem da Central de Polícia Civil. A defesa dele informou que o proprietário teria atirado para o alto após confundir o policial com o suspeito. Essa foi a oitava vez que a farmácia foi assaltada.

G1PB

Postado em 24 de março de 2022 - 12:54h