Governo Lula quer diminuir carne na marmita de refugiados venezuelanos

Foto: Igo Estrela/Metrópoles

O governo Lula quer diminuir a quantidade de carne bovina, suína e de frango nas marmitas de almoço e jantar fornecidas aos refugiados venezuelanos em Roraima. O corte na quantidade de carne bovina, por exemplo, será de pelo menos 50 gramas por marmita, segundo o planejamento feito pelo governo. Além da redução prevista especificamente para as proteínas, o peso da refeição no geral também pode cair.

A distribuição de comida aos refugiados é feita pela Operação Acolhida, que existe desde 2018 para atender venezuelanos que fogem da crise humanitária e política no país. O projeto é administrado pelo Ministério da Defesa e pelo Exército, em Boa Vista e Pacaraima (RR).

A diminuição da proteína está prevista na licitação deste ano, que deve ser concluída nesta quarta-feira (27/3). O novo contrato substituirá o que está em vigor desde março de 2023.

Guilherme Amado – Metrópoles

Fonte: Blog do BG