Fake News dos móveis de Lula contra Bolsonaro custou caro

Foto: Ricardo Stuckert/PR

O “suposto desaparecimento” de móveis do Palácio da Alvorada divulgado no início do mandato do presidente Lula, em janeiro de 2023, foi citado como justificativa para a compra de R$ 196,7 mil em móveis de luxo para a residência oficial. O assunto se tornou uma forte troca de farpas entre as famílias do presidente Lula e do ex-presidente Jair Bolsonaro.

No início do governo, Lula e a primeira-dama Janja falaram sobre a ausência dos objetos oficiais para diversos veículos da imprensa nacional. Janja, inclusive, gravou um vídeo mostrando diversos ambientes do palácio e falou sobre o possível desaparecimento dos itens que agora foram encontrados.

Resta saber se agora o presidente Lula e a primeira-dama Janja irão se desculpar publicamente pelas acusações que fizeram à família Bolsonaro.

 

 

 

 

 

Fonte: Blog do BG