Dono de loja saqueada na Cracolândia relata prejuízo de R$ 300 mil, diz que vai fechar e demitir 10 pessoas: ‘Roubaram tudo. Não ficou um parafuso’

Reprodução

Dono da loja de eletrônicos que foi saqueada na manhã do último sábado (27), na região da Cracolândia, Centro de São Paulo, o comerciante José Carlos de Souza disse que não vai mais continuar com o negócio.

Revoltado com o que chama de “falta da ação do Poder Público” na região central para deter o avanço e a violência dos usuários de drogas, Souza afirmou ao SP1, da TV Globo, que teve prejuízo de mais de R$ 300 mil com a ação dos dependentes químicos. Quase 100% dos produtos foram roubados, segundo o comerciante.

“A loja está sendo encerrada. A porta está fechada e não temos mais condições financeiras pra continuar. Me levaram mais de R$ 300 mil da loja. A gente já vem sofrendo, há vários anos, não é de agora… E o poder público promete e nada acontece. Estamos à mercê da nossa sorte”, declarou

José Carlos de Souza mostrou a loja saqueada para a equipe da TV Globo. O que se viu lá dentro foram cenas de devastação: produtos quebrados no chão, prateleiras vazias destruídas e muita bagunça.

Após 25 anos de trabalho na região da rua Santa Ifigênia, o comerciante afirmou que aos poucos tem visto a dilapidação do próprio patrimônio construído, em virtude da violência.

Leia mais

G1

Fonte: Blog do BG