De olho nas Eleições 2024, Lula e Bolsonaro disputam atenção do agro

Foto: Arte Metrópoles Lula: Fábio Vieira/Metrópoles. Bolsonaro: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Faltando sete meses para as Eleições Municipais 2024, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) busca aproximação com setores do agronegócio para tentar reverter a grande rejeição entre o grupo. Ao mesmo tempo, seu adversário, o ex-chefe do Executivo Jair Bolsonaro (PL), intensifica a agenda com representantes do campo reforçando o papel de cabo eleitoral.

O petista planeja, para as próximas semanas, um giro pelos “estados do agro”, passando por Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Tocantins e Rio Grande do Sul.

Recentemente, alguns ministros apontaram o desejo do presidente para realizar um tour com ênfase em alguns locais onde Lula não visitou desde que assumiu o terceiro mandato. Nos casos de Goiás, Mato Grosso do Sul e Tocantins, será a primeira ida do presidente desde o início de 2023.

Desafio da rejeição

As visitas ocorrerão em um momento em que o petista enfrenta o desafio de melhorar a aprovação do governo. De acordo com a pesquisa Ipec, divulgada nessa sexta-feira (8/3), a avaliação positiva de Lula caiu cinco pontos percentuais — de 38% para 33%.

Bolsonaro também faz giro

Do outro lado da balança, o ex-presidente Jair Bolsonaro tem intensificado as viagens mirando as Eleições Municipais. Após ser declarado inelegível e virar alvo da Polícia Federal (PF), o ex-chefe do Executivo recuperou fôlego com o ato convocado na Avenida Paulista, no último 25 de fevereiro, que reuniu milhares de apoiadores.

Metrópoles

Fonte: Blog do BG