Corpo de roraimense que morreu após cair de falésia no Rio Grande do Norte é velado em Roraima

O corpo da roraimense Ana Carla Silva de Oliveira, de 31 anos, que morreu após cair com um quadriciclo de cima de uma falésia na praia de Pipa, no município de Tibau do Sul, litoral do Rio Grande do Norte, é velado neste sábado (20) em Boa Vista, capital de Roraima.

O velório de Ana Carla inicia às 15h30 na funerária Shalon, no bairro Mecejana. Inicialmente, ele estava previsto para começar às 2h da madrugada e seguir até às 14h do sábado, mas foi alterado por conta de atrasos na chegada do corpo.

O sepultamento deve ocorrer às 10h de domingo (21) na vila do Taiano, no município de Alto Alegre, ao Norte de Roraima.

Recém formada em nutrição, Ana Carla era servidora da Assembleia Legislativa de Roraima (Ale-RR) e atuava como assessora parlamentar na Casa. Ela visitava o Rio Grande do Norte pela segunda vez e estava na região com o marido, o irmão e uma cunhada, que estava com ela no quadriciclo e ficou ferida.

O acidente aconteceu na tarde da última quarta-feira (17). Na manhã de quinta-feira (18), a Casa Legislativa emitiu nota lamentando a morte de Ana.

“A Mesa Diretora, demais parlamentares e servidores, em especial do gabinete do deputado Dr. Cláudio Cirurgião, colegas de Ana Carla, prestam condolências e solidariedade a familiares e amigos neste momento difícil”, diz a nota.

O quadriciclo onde estavam as duas mulheres caiu de uma falésia entre as praias de Pipa e Simbaúma, em Tibau do Sul, no litoral Sul potiguar, por volta das 16h40 da última quarta-feira (17). A queda foi de aproximadamente 30 metros de altura. Ana Carla morreu ainda no local do acidente.

A cunhada dela, de 29 anos, foi socorrida e levada pelo helicóptero da Secretaria Estadual de Segurança Pública para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal, com fraturas nas pernas.

O companheiro de Ana Carla, Fábio Lago, e o irmão dela também estavam em Pipa, mas não faziam parte do passeio com quadriciclo. Eles souberam do acidente ao receberem uma ligação da assistente social do hospital.

LEIA TAMBÉM:

O grupo de turistas tinha passado cinco dias em Pernambuco, passaria cinco dias no Rio Grande do Norte e, encerrariam a viagem na Paraíba.

A outra vítima do acidente, que está internada no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, seguirá em Natal, durante a recuperação médica. A mãe dela saiu por volta das 12h dessa sexta-feira (19), de Manaus, em um voo para Natal, a fim de acompanhar a filha na unidade de saúde. A mulher deixou a UTI na tarde de quinta-feira (18) e foi levada para a enfermaria, com quadro de saúde estável.

Leia outras notícias do estado no g1 Roraima.

Fonte: g1 RN