Buffet infantil em Natal não cumpre contratos, cancela festas e admite falência: ‘Um sonho destruído’, diz cliente

Bolo, decoração, buffet e alegria. É tudo isso que uma família espera no dia da festa de uma criança. Mas não foi essa a realidade de clientes que recentemente contrataram os serviços da Fest Joy, um buffet infantil localizado no bairro de Capim Macio, na Zona Sul de Natal.

A empresa descumpriu contratos e cancelou festas que estavam prestes a acontecer, sem comunicar os clientes com a devida antecedência. A fisioterapeuta Marcela Lima marcou a festa da filha para as 17h do último sábado (16), mas pela manhã recebeu a informação de que o buffet estaria sem água e que o evento seria cancelado. Ela, então, decidiu resolver a situação por conta própria.

“Faltando 3h para a festa acontecer, procurei a empresa e me mandaram uma mensagem pronta dizendo que a festa precisaria ser cancelada. Então corremos pro buffet para tentar pegar alguns funcionários. Pagamos 6 funcionários fora à parte, conseguimos correr atrás para ter pelo menos um bolo para servir para os nossos convidados e compramos água mineral para lavar chão, banheiro e cozinhar. Um prejuízo”, relatou a mãe.

Nas redes sociais da empresa, a frase: “Aqui, os sonhos acontecem”. Mas, de acordo com os clientes, não é bem assim. “É um sonho destruído“, desabafou outra mãe, que faria a festa de 1 ano do filho na próxima sexta-feira (22).

“A gente tinha marcado a festa pra sexta-feira (22) e eles entraram em contato comigo e informaram que eu poderia vir às 14h da quinta (21) pra fazer uma reunião dos últimos ajustes. E agora acontece isso. A gente fica em choque, por que é um negócio que a gente planeja. Desde o começo do ano que eu venho planejando o primeiro aninho do meu filho. E quando é agora, acontece um negócio desse”, contou a cliente lesada que preferiu não se identificar.

Segundo ela, o prejuízo foi de mais de R$ 8 mil. “Só aqui no buffet eu paguei R$ 8.750. Eles me informaram que tudo teria que ser pago até 10 dias antes da festa, e quando chegou esse dia faltou eu dar R$ 250, aí eles me mandaram mensagem informando que, se eu não mandasse o Pix, a festa não iria acontecer por quebra de contrato. E eu cumpri tudo, mas eles não”, contou indignada.

“A gente precisa que eles tomem as medidas cabíveis. Queremos o dinheiro de volta e mais alguma coisa por tudo isso que eles estão fazendo a gente passar”, afirmou.

Em nota, o Fest Joy Buffet informou sobre a “impossibilidade do cumprimento integral daquilo que pactuado, no que diz respeito a realização dos eventos a partir do dia 16/12/2023”.

A empresa justificou que “a recém superada pandemia da Covid-19, além das sequelas na saúde pública, deixou outras de cunho econômico/financeiro naqueles que exercem a atividade econômica empresarial”.

Mais adiante, o grupo anunciou falência. “Com muito esforço e trabalho árduo, o FestJoy buscou honrar todos os seus compromissos contratuais, entretanto, nesse momento, subsiste o grande impedimento de ordem financeira, motivo que a fez, com muito pesar, falir”, escreveu.

“A empresa reitera os mais profundos sentimentos às frustrações causadas a todas as famílias”, finalizou.

Fonte: g1 RN