Após fuga de presos, quatro policiais penais são afastados de penitenciária no RN por ‘suposta negligência’

Após a fuga de dois presos da Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, quatro policiais penais foram afastados das funções. A Informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) nesta quinta (2).

A fuga aconteceu na última terça-feira (30). Segundo a Seap, foi aberta uma sindicância e um processo administrativo disciplinar para apurar se houve negligência por parte dos policiais penais.

Os fugitivos, segundo a Seap, são:

De acordo com a Seap, os dois fugitivos foram vistos nesta quarta (1º) em uma casa de praia em Cotovelo, em Parnamirim, na Grande Natal. O governo do Rio Grande do Norte está oferecendo uma recompensa de até R$ 10 mil por informações que levem à prisão dos dois fugitivos.

A Seap informou ainda que os fugitivos são dois internos qualificados para serviços, como são chamados os “presos de confiança”, e estavam trabalhando em uma obra no presídio atualmente.

Um vídeo registrado por uma câmera de segurança mostrou o momento em que os dois presos passaram por ruas da comunidade de Alcaçuz, em Nísia Floresta, de bicicleta. (veja abaixo)

O comandante da Polícia Militar do RN, Coronel Alarico Azevedo, confirmou que os presos utilizaram uma bicicleta após fugirem da unidade prisional.

Fonte: g1 RN