Acusado de mandar matar Marielle, Brazão nega envolvimento com Bolsonaro; “Nunca fui aliado”

Reprodução 

Circulam nas redes sociais, desde o vazamento da delação, imagens de Brazão em campanha por Dilma Rousseff na eleição de 2010.

Aparecem também imagens de seu irmão, o deputado federal Chiquinho Brazão (União-RJ), mas apoiando a família Bolsonaro em 2022, em comícios ao lado de Flávio Bolsonaro.

A família Brazão é eclética e pluripartidária. Ou seja, costumam estar em todos os governos. É difícil, para lulistas ou bolsonaristas, conseguir empurrá-la apenas para o colo dos adversários.

Já ele nega ser próximo de Jair Bolsonaro. “Não sou, assim, próximo do ex-presidente, nem politicamente aliado ao presidente Lula, mas conheço Bolsonaro, conheço a sua família”, disse Brazão.

Fonte: Blog do BG