(84) 9 9986-1150

Corpo em estado de decomposição é achado em leito de rio no Agreste potiguar

O corpo de um homem em avançado estado de decomposição foi encontrado nesta segunda-feira (11) no leito do Rio Pirari, em Montanhas, na região do Agreste potiguar. A informação foi confirmada pela Polícia Militar. Segundo a corporação, a suspeita é de que o cadáver tenha sido arrastado por uma enxurrada provocada durante as enchentes que ocorrem desde o início de julho, com o grande volume de chuvas na região.

O rio corre da Paraíba em direção do Rio Grande do Norte. O corpo só foi retirado do local, considerado de difícil acesso, no final da manhã desta terça-feira (12), por uma equipe do Corpo de Bombeiros. Até a última atualização desta matéria, as equipes de militares aguardavam a chegada do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) ao local para início da perícia e recolhimento do corpo.

A suspeita inicial da polícia é de que a vítima não seja uma pessoa da região. Por isso, a Polícia Militar do Rio Grande do Norte comunicou o encontro de cadáver à Polícia Militar e à Polícia Civil da Paraíba.

“Não há ninguém desaparecido na região de Montanhas e existe essa suspeita de que o corpo veio da Paraíba. Há um senhor desaparecido em São José de Mipibu (RN) mas as características como o tempo de desaparecimento e o estado em que o corpo foi encontrado não se encaixam. Por isso, a polícia da Paraíba foi informada do caso. O trabalho de perícia é que deverá identificar a pessoa”, disse o major Alam Bruno, da PM em Canguaretama.

G1

Postado em 12 de julho de 2022 - 21:27h