(84) 9 9986-1150

Justiça autoriza uso da força policial contra professores de Natal

Em nova decisão sobre o movimento grevista dos professores da rede municipal de ensino de Natal, o desembargador Virgílio Macedo Júnior, autorizou o uso de força policial para a retirada de manifestantes da Secretaria Municipal de Educação (SME/Natal). Na terça-feira (26), um grupo de professores ocupou a sede da SME/Natal na tentativa de conversar com a secretária Cristina Diniz sobre o reajuste do piso nacional da categoria.

Os trabalhadores, no entanto, não foram recebidos. O grupo deixou o local por volta das 17h do mesmo dia. A categoria reivindica o reajuste do piso nacional, de 33,24%. De acordo com a mais recente decisão da Justiça, fica autorizado “o uso imediato de força policial para a retirada dos dirigentes e demais manifestações da parte ré que permaneçam praticando a invasão à Secretaria Municipal de Educação de Natal”.

A decisão reforçou, ainda, uma determinação anterior – do dia 8 de abril – que estabelecia que a categoria se abstivesse de “tumultuar a prestação de serviços em todas as unidades circunscritas ao âmbito do Município do Natal, de bloquear acesso às respectivas unidades e de constranger servidores que não participam do movimento, respeitando a distância mínima de 1.000 metros (1 km), em relação aos bens afetados ao serviço público municipal, quando da realização de eventuais manifestações”.

Tribuna do Norte

Postado em 28 de abril de 2022 - 6:58h