(84) 9 9986-1150

Motorista com CNH suspensa que matou publicitária em acidente é solta

A motorista que causou o acidente que matou a publicitária Pamella Luque, de 22 anos, na Rodovia Edgard Máximo Zambotto, em Jarinu (SP), recebeu liberdade provisória após uma audiência de custódia, de acordo com o Tribunal de Justiça (TJ). A decisão foi informada ao g1 nesta segunda-feira (18).

Conforme o TJ, a mulher deve se apresentar à Justiça e está proibida de sair da cidade sem aviso prévio.

A batida ocorreu na noite de sexta-feira (15), na altura do quilômetro 62. A mulher que provocou o acidente foi presa em flagrante e, de acordo com o boletim de ocorrência, estava com a CNH suspensa há dois anos.

Segundo a polícia, a mulher apresentou comportamento alterado e, no hospital, foi encontrado um pino que aparentava ser de cocaína com ela. O objeto foi apreendido e encaminhado para a perícia.

A polícia também informou que a motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro. No entanto, ela passou por exame clínico de embriaguez, toxicológico, coleta de sangue e urina para dosagem alcoólica no hospital. O resultado dos exames não foi divulgado.

O carro que ela dirigia invadiu a contramão e bateu de frente com o veículo que a jovem estava. O helicóptero Águia, da Polícia Militar, pousou na rodovia para fazer o resgate das vítimas.

Pamella foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Outras duas mulheres que estavam no carro com Pamella também ficaram feridas e foram levadas ao Hospital São Vicente, em Jundiaí.

Conforme apurado pelo g1, o estado de saúde das duas é estável. Uma delas foi transferida para um hospital em São Paulo.

Fonte: g1

Postado em 19 de abril de 2022 - 7:00h