(84) 9 9986-1150

Homem se veste de mulher para não servir ao exército ucraniano

O Serviço de Guarda de Fronteira do Estado da Ucrânia deteve um homem vestido de mulher tentando escapar do país em direção à Moldávia para não ter que servir ao exército do país e lutar contra a Rússia nessa sexta-feira (15).

Os guardas ucranianos afirmam ter parado um táxi perto de Odessa, no sul do território, que carregava uma pessoa de estatura alta para uma mulher e de voz grave, mas vestindo roupas femininas.

De acordo com um vídeo postado no grupo oficial do órgão no aplicativo Telegram, o viajante, de 26 anos, carregava um certificado de recrutamento temporário ao tentar entrar no país vizinho, o que levantou a suspeita dos guardas de que eles tinham encontrado um desertor.

Nas imagens é possível ver uma pessoa alta e de cabelos compridos, utilizando um chapéu de pele de leopardo, uma calça legging e uma jaqueta grossa, saindo do carro e sendo interrogada pelos guardas da fronteira ao lado da estrada.

Os homens vasculham o porta-malas do veículo e encontram malas e bagagens, indicando que poderia ser uma longa viagem. A conversa continua por algum tempo e o homem disfarçado parece dar explicações sobre o que está acotecendo. A cena corta para dentro de uma sala, onde o interrogado é visto assinando alguns documentos.

Não se sabe exatamente o que aconteceu com o desertor, mas acredita-se que ele não tenha chegado à Moldávia.

A atual lei marcial em vigor na Ucrânia proíbe que homens com idades entre 18 e 60 anos saiam do país. Ao invés disso, é dever deles se alistar no exército ucraniano para lutar na guerra contra a Rússia, que iniciou no dia 24 de fevereiro.

Apesar disso, existem algumas exceções em relação ao recrutamento. Pessoas que têm três filhos ou mais, que cuidam de uma criança com deficiência ou que são as únicas responsáveis por um menor de idade estão liberadas de servir e podem cruzar a fronteira. Outra condição para não ser convocado é apresentar motivos médicos.

R7

Postado em 16 de abril de 2022 - 10:16h