(84) 9 9986-1150

Homem que matou ex-mulher na frente dos filhos no interior do RN é condenado a 24 anos de prisão

O juiz Silmar Lima Carvalho condenou nesta segunda-feira (11), em júri popular na comarca de Parelhas, Roberto Alexandre Barros a 24 anos de reclusão pelo assassinato da ex-mulher Maria Procileide Macena e Silva, de 41 anos.

O crime aconteceu no dia 8 de novembro de 2021 no município de Parelhas, na Região Seridó do Rio Grande do Norte.

A mulher foi morta na frente dos filhos dela. Roberto Alexandre Barros ainda tentou se matar após crime.

A sessão do Tribunal do Júri foi realizada na Câmara Municipal de Parelhas, tendo início às 9h. Cerca de seis horas depois, por volta das 15h, a sentença do conselho do júri foi proferida com a condenação.

Os jurados levaram em consideração, na análise dos fatos, o motivo fútil para o crime, a impossibilidade de defesa da vítima e o fato de o delito ter sido cometido contra mulher em função do gênero, configurando um feminicídio.

Condenado, Roberto Alexandre não poderá recorrer da sentença em liberdade.

O réu era ex-companheiro da vítima na época do crime. Roberto não aceitava o fim do relacionamento, que havia ocorrido cerca de um ano antes.

Relembro o caso

Roberto Alexandre matou a ex-mulher Maria Procileide de Macena e Silva a tiros no dia 8 de novembro de 2021 e tentou se matar em seguida na cidade de Parelhas.

As investigações apontaram que o homem não aceitava o fim do relacionamento que durou 20 anos. Eles estavam separados há cerca de um ano naquela época.

Segundo a Polícia Militar, os dois filhos da vítima – de 22 e 21 anos – estavam em casa e presenciaram o crime.

Por volta das 22h50 policiais militares faziam patrulhamento de rotina no bairro Dinarte Mariz e escutaram os tiros. Um dos filhos dela ao ver o carro da polícia pediu ajuda informando que o padrasto havia atirado na mãe.

De acordo com a PM, o ex-marido foi até a residência onde eles moravam e fez cerca de 4 disparos usando um revólver calibre 38. Após atirar na ex-mulher, o homem tentou se matar com um tiro no pescoço.

g1-RN

Postado em 12 de abril de 2022 - 6:32h