(84) 9 9986-1150

Mulher queima córneas após usar pomada para cabelos; Anvisa investiga

A manicure Josiane Reis de Souza, de 41 anos, denuncia uma pomada para trançar os cabelos chamada Ômegafix após, segundo ela, ter usado o produto e sofrer queimadura nas córneas ao mergulhar numa piscina, no último sábado. Ela, agora, teme ficar com sequelas e afirma que entrará na Justiça contra o fabricante do cosmético. Ao tomar conhecimento dessa e de outras denúncias sobre o produto, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu abrir um dossiê de investigação.

De acordo com o órgão, “o produto Ômegafix Pomada para Tranças se enquadra na definição de produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumes, regulados pela Resolução RDC 7, de 2015. Porém, o produto da empresa OMEGAFIX não está regularizado na Anvisa. Não foi encontrado processo de regularização deste produto na Gerência de Cosméticos da Anvisa”.

— Já tinha feito essa trança no ano passado e mergulhado numa piscina e nada aconteceu. No sábado, quando mergulhei e saí da água, comecei a ver tudo esbranquiçado, como se estivesse no meio de fumaça. Na hora, achei que era o cloro — contou Josiane.

Ela permaneceu no lugar, mesmo com a visão embaçada e comentou com a nora, Mirella Reis, o que havia acontecido. Mirella fez pesquisas na internet e encontrou casos semelhantes ao da sogra sendo associados ao uso da pomada e a avisou. Josiane conta ter ficado temerosa, mas não procurou ajuda médica na hora. Somente no domingo, quando acordou sem conseguir enxergar, ela foi a um posto de saúde em Belford Roxo, município da Baixada Fluminense onde mora:

— Lá me deram uma medicação que não adiantou nada. Fui, então, para o (Hospital municipal) Moacyr do Carmo (em Duque de Caxias, também na Baixada). Lá me orientaram a procurar o Hospital do Olho (também em Caxias). Nos lugares onde passei, ouvi relatos de casos semelhantes ao meu. Só no Hospital do Olho me falaram que eu era a quinta mulher a aparecer lá relatando a mesma coisa.

O caso de Josiane foi postado no Twitter por Mirella e viralizou. Algumas pessoas contaram saber de problemas semelhantes relacionados ao uso da pomada. A manicure atualmente está com lentes de contato nos dois olhos, ainda sem enxergar e sentindo dor e ardência, e voltará ao hospital nesta quarta-feira, quando deverá saber se as lesões melhoraram.

— Eu estou com medo, até porque dependo da minha visão para trabalhar. Depois que eu voltar a enxergar, vou ver com a minha sobrinha, que foi quem trançou meu cabelo, onde ela comprou a pomada. Vou correr atrás de justiça — afirmou.

IG

Postado em 22 de março de 2022 - 11:58h