(84) 9 9986-1150

Criança de 2 anos tem parada cardiorrespiratória após se afogar no DF

Uma família do Distrito Federal passou momentos de terror na tarde deste domingo (6/3), quando o filho do casal, de 2 anos e meio, se afogou debaixo da manta térmica da piscina, em Sobradinho. Foi preciso acionar os bombeiros para que o menino sobrevivesse.

Segundo informou a mãe ao Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), ela foi no quintal procurar a criança, mas não a encontrou. Voltou para dentro de casa, mais uma vez não a viu. Então, já foi direto para a piscina, tirou a manta e encontrou a criança debaixo d’água.

Ela tirou o menino de dentro da piscina, começou a tentar reanimá-lo e chamou os bombeiros. Quando os militares chegaram, encontraram o pai da criança fazendo os procedimentos na tentativa de reverter a parada cardiorrespiratória.

O CBMDF e o Samu assumiram o procedimento, e após 30 minutos de tentativas, a criança reagiu e foi levada ao Hospital Regional de Sobradinho com os sinais vitais parcialmente restabelecidos. A corporação alerta que em casos de afogamento é preciso acionar os bombeiros, pelo 193, o mais rápido possível.

METRÓPOLIS

Postado em 7 de março de 2022 - 4:56h