(84) 9 9986-1150

Brasileira é morta a facadas na Austrália; suspeito é preso

A brasileira Daiane Pelegrini, 33 anos, foi morta a facadas na segunda-feira (3) em sua casa em Sydney, na Austrália. De acordo com a ABC News, o principal suspeito do crime é um homem, de 25 anos. A vítima foi levada para o Hospital Westmead, mas não resistiu.

Segundo a ABC News, após o crime, o suspeito aguardou a polícia na varanda da casa, onde foi preso. Estudante de enfermagem, Daiane havia se mudado para Sidney com o marido e a filha em 2016. O casal estava separado desde janeiro deste ano.

Conforme a irmã da vítima, Gisele Pelegrini, 39 anos, o suspeito do crime estava se relacionando com Daiane, mas ela teria pedido para que ele se afastasse e estava pensando em reatar com o marido. A uma amiga, Daiane teria contado que o homem passou a persegui-la e ela teria registrado boletim de ocorrência contra o suspeito.

Em entrevista ao site GaúchaZH, Gisele afirmou ainda que a família ainda não decidiu, mas avalia permitir que o corpo de Daiane seja velado e enterrado em Sydney para ficar perto do local onde a filha vive.

Jair Sampaio

Postado em 6 de agosto de 2020 - 12:02h