(84) 9 9986-1150

Família acusa hospital de deixar material cirúrgico dentro de mulher após parto, na PB

A família de uma paciente da Maternidade Cândida Vargas, em João Pessoa, acusa que materiais cirúrgicos tenham sido esquecidos dentro de uma mulher após a realização de um parto cesariano na unidade de saúde. A família da paciente, identificada como Kellyane Neri, de 28 anos, disse que foi informada por uma pessoa do hospital que gase e uma peça metálica foi deixada dentro dela.

O parto aconteceu no dia 11 de setembro. Em seguida, no dia 14 do mesmo mês, a mulher foi para casa e depois de um mês começou a sentir dores na barriga, precisando retornar à maternidade. De acordo com a mãe de Kellyane, Maria das Dores, a filha teve febre e estava sob administração de um antibiótico.

G1PB

Postado em 16 de dezembro de 2019 - 13:04h